26 de outubro de 2007

precisa ser tão difícil?

Acabei de passar por mais uma experiência desagradável por causa do Tim Festival. Já não basta ser difícil comprar, também tem que ser difícil receber o dinheiro de volta.

Acabei de chagar do Shopping Eldorado. Fui pedir o reembolso do meu ingresso para a Feist. Quando cheguei lá, a atendente da Ticketmaster me informou que eu teria que preencher uma solicitação para receber o dinheiro através de depósito bancário. Claro que eu disse que não aceitaria, já que paguei tudo à vista e na hora. No mínimo, gostaria de receber em dinheiro na mesma hora.

O problema é que a "organização" do festival, ou a Ticketmaster, não sei quem é o verdadeiro culpado, não tinha disponibilizado dinheiro vivo para reembolsar as pessoas. Não havia dinheiro em caixa. Eu teria que esperar entrar este dinheiro, ou seja, esperar alguém efetuar alguma compra em espécie, ou ir para outro ponto de venda, para receber o que eu tinha direito.

Moral da história: a atendente, que não tinha culpa de nada, foi até o caixa eletrônico e me deu o dinheiro do próprio bolso.

É o fim da picada o Tim Festival, "o maior festival do Brasil", ser tão amador em alguns pontos. É uma falta de respeito! Como se já não bastasse o cancelamento do show (o que não foi culpa da Tim), que, por acaso, era o que eu mais fazia questão de ver, ainda passo por isso.

Um comentário:

juliana. disse...

isso porque você não viu o show da cibelle no rio de janeiro.

ela entrou e ficou uns cinco minutos tentando fazer com que toda sua aparelhagem funcionasse... parecia que ninguém ali era familiarizado com shows a ponto de poder ter feito aquilo pra ela.

depois ela reclamou que tava levando choque, chegou a parar uma música na metade e ninguém veio fazer nada.

eu fiquei chocada com a mediocridade da equipe do tim, eu vi cibelle em recife mês passado e a parte técnica estava perfeita.

ano que vem me questionarei muito se vale a pena me debandar do nordeste aqui pro sudeste só por causa desse festival... tsc tsc tsc